Filha de Persephone

Minha foto
Brasília, DF, Brazil
"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais, há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesmo compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudades...sei lá de quê!" (Florbela Espanca, Carta no. 147)

Sobre ALICE RUIZ

"Que importa o sentido se tudo vibra"

ALICE RUIZ

tradutor

17 de setembro de 2009

RIO TOTAL REVISTA ELETRÔNICA - crônica / Jacqueline Bulos Aisenman

CooJornal

As voltas que o mundo dá




As voltas que o mundo dá eu fico sentada esperando pra ver. Não perco mais meu tempo sofrendo por antecipação para ver no que vai dar e nem construindo planos do que seria preciso fazer.

O universo se encarrega de tudo. Sempre foi assim. E sempre será. Não preciso andar com minha casa nas costas e nem carregar todas as chagas nos braços e pernas para compreender melhor todas as experiências que me são dadas a conhecer.

Passa o tempo, as voltas são dadas e quanto mais passa o tempo mais eu sinto que entro em sintonia com o universo.

O mundo dá voltas. Frase simplista? Lugar comum? Nem tanto assim. Não importa o momento em que a frase nos vem à cabeça, o principal é não esquecer que é uma afirmação e não uma pergunta.

Hoje você está num ponto do círculo do mundo, da vida, como quiser chamar, e um nó apareceu. Se você prestar atenção, se lembrar, não importa quanto tempo levar, o nó vai voltar. Como uma bolinha jogada para o alto e que volta. Aquela coisa do bateu-levou. Nós bons e ruins.

Eu tenho a minha cadeira na calçada. No inverno algumas vezes fico na janela. Mas confesso que uma das minhas grandes paixões na vida é observar as voltas que o mundo dá.

Acho que no fundo não faço parte das ovelhas. Que bom.

Ouço Gary Jules cantando Mad World



(17 de outubro/2008)
CooJornal no 603

2 comentários:

Jacqueline disse...

Querida Jaque, obrigada pela oportunidade e pelo carinho. Me ver aqui me fez ficar tão emocionada! Já percebi que teus pincéis são de sensibidade e com as cores da vida fico imaginando as belezas que pintas!
Continuemos nossa caminhada!
Abraços aqui da Jacque

jaqueline campos disse...

eu que agradeço sua ilustre visita na Persephone ! keep walking... http://www.jaquelinecampos.com
abraços !

quem visita Persephone

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

Link-me !

Link- Me

Link- Me

Persephone faz TRADUÇÕES !

Persephone faz TRADUÇÕES !
camposdejaque@gmail.com

Siga PERSEPHONE ! Follow ME !