Filha de Persephone

Minha foto
Brasília, DF, Brazil
"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais, há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesmo compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudades...sei lá de quê!" (Florbela Espanca, Carta no. 147)

Sobre ALICE RUIZ

"Que importa o sentido se tudo vibra"

ALICE RUIZ

tradutor

7 de fevereiro de 2010

"CAMP"

Notas sobre "Camp"
by Susan Sontag por Susan Sontag
Published in 1964. Publicado em 1964.


--------------------------------------------------------------------------------

Muitas coisas no mundo não foram nomeadas, e muitas coisas, mesmo que tenham sido nomeadas, nunca foram descritas. Uma delas é a sensibilidade - inegavelmente moderno, uma variante de satisfação, mas não idêntico a ele - que atende pelo nome de culto do "Camp".

A sensibilidade (distinta de uma idéia) é uma das coisas mais difíceis de falar, mas há razões especiais para o acampamento, em particular, nunca foi discutido. Na verdade, a essência do Camp é o seu amor ao natural: de artifício e exagero.Camp é esotérico - uma espécie de código privado, um símbolo de identidade mesmo, entre as igrejinhas urbanas. Para além de um esboço em duas preguiçoso página no romance de Christopher Isherwood, The World in the Evening (1954), que tem praticamente quebrado em impressão. Para falar sobre o acampamento é, portanto, a traí-lo. Se a traição pode ser defendida, será para a edificação, prevê, ou a dignidade de o conflito se resolve. Para mim, defender a meta da auto-edificação, e do estímulo de um forte conflito em minha própria sensibilidade. Eu sou fortemente atraído para o Campo, e quase tão fortemente agredida por ele. É por isso que eu quero falar sobre isso, e porque eu posso.Para que ninguém que sinceramente partes em uma determinada sensibilidade pode analisá-lo, ele só pode, qualquer que seja sua intenção, mostrá-la. Para nomear uma sensibilidade, para desenhar os seus contornos e contar sua história, exige uma profunda simpatia modificada pela repulsa.

Embora eu estou falando de sensibilidade apenas assuntos - e de uma sensibilidade que, entre outras coisas, converte os graves para o frívolo - estes são graves. A maioria das pessoas pensa de sensibilidade ou gosto como o reino de preferências meramente subjetivas, aquelas misteriosas atrações, principalmente sensual, que não foram colocados sob a soberania da razão. Eles permitem que as considerações de gosto desempenhar um papel em suas reações às pessoas e às obras de arte. But this attitude is naïve. Mas esta atitude é ingênua. And even worse. E pior ainda. Para apadrinhar a faculdade do gosto é o de amparar a si mesmo. Para provar governa cada gratuito - em oposição a rote - resposta humana.Nada é mais decisivo. Há gosto nas pessoas, gosto visual, sabor de emoção - e há gosto em atos, gosto de moralidade. Inteligência, assim, é realmente um tipo de sabor: sabor de idéias.(Um dos fatos a ser considerada é que gosto tende a se desenvolver de forma muito desigual. É raro que a mesma pessoa que tem bom gosto visual e bom gosto nas pessoas e gosto de ideias.)

Gosto não tem um sistema e nem provas. Mas existe algo como uma lógica de gosto: a sensibilidade consistente e que inspira e dá origem a um certo gosto. A sensibilidade é quase, mas não completamente, inefável. Qualquer sensibilidade que pode ser amontoados no molde de um sistema, ou manipulado com as ferramentas bruto da prova, já não é uma sensibilidade em tudo. Ele tem endurecido em uma idéia. . . . .

Para captar a sensibilidade nas palavras, especialmente um que está vivo e poderoso, 1 um deve ser cuidadoso e ágil.A forma de apontamentos, ao invés de um ensaio (com a reivindicação de um argumento, linear consecutivos), pareceu mais apropriado para descer algo desta sensibilidade especial fugitivo.A gente corre o risco de ter, mesmo, produziu uma peça muito inferior do Camp.

Nenhum comentário:

quem visita Persephone

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

Link-me !

Link- Me

Link- Me

Persephone faz TRADUÇÕES !

Persephone faz TRADUÇÕES !
camposdejaque@gmail.com

Siga PERSEPHONE ! Follow ME !