Filha de Persephone

Minha foto
Brasília, DF, Brazil
"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais, há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesmo compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudades...sei lá de quê!" (Florbela Espanca, Carta no. 147)

Sobre ALICE RUIZ

"Que importa o sentido se tudo vibra"

ALICE RUIZ

tradutor

24 de fevereiro de 2010

livros de LYGIA FAGUNDES TELLES

Antes do Baile Verde

Antes do baile verde é um livro de contos de Lygia Fagundes Telles, publicado em 1970, sendo um dos livros mais relevantes na carreira da autora.

Os contos, escritos entre 1949 e 1969, deixam claro para o leitor porque a autora é uma das mais representativas e premiadas escritoras brasileiras[parcial?]. Estão presentes no livro algumas histórias emblemáticas como O jardim selvagem e Meia-noite em ponto em Xangai.

O livro é composto de 18 contos, com os respectivos nomes:

Os objetos
Verde lagarto amarelo
Apenas um saxofone
Helga
O moço do saxofone
Antes do baile verde
A caçada
A chave
Meia noite em ponto em Xangai
A janela
Um chá bem forte e três xícaras
O jardim selvagem
Natal na barca
A ceia
Venha ver o pôr-do-sol
Era eu mudo e só
As pérolas
O menino

As Meninas (livro)

As Meninas é um romance de Lygia Fagundes Telles, escrito em 1973 e premiado com o Prêmio Jabuti em 1974.

Apresenta técnica literária diferenciada: a autora utiliza diversos focos narrativos para contar a história das amigas Lorena, Lia e Ana Clara.

A narração se dá ora em primeira pessoa, trazendo diretamente os pensamentos de Lorena, Lia e Ana Clara; ora em terceira pessoa, com seus sentimentos, conflitos e impressões em discurso indireto livre.

A opção de Lygia não é casual: detalhando os universos das três amigas, o leitor pode vislumbrar os conflitos da juventude durante a Ditadura Militar.

História

Lorena, Lia e Ana Clara são três estudantes universitárias que convivem em um pensionato de freiras, durante o Regime Militar. De origens totalmente diferentes, elas estabelecem fortes laços de cumplicidade, até o momento em que sua amizade é colocada à prova.

Lorena é uma moça rica e apaixonada pelas pequenas coisas da vida. Vê beleza nos animais, nas cores e nas flores. Seus conflitos: está apaixonada por um homem casado, pai de cinco filhos, e ainda luta para superar um trauma de infância - ter visto um dos gêmeos matar acidentalmente o outro com um tiro.
Lia é uma baiana acima do peso, politizada e corajosa. Após se apaixonar por Miguel, um militante de esquerda, acabou se envolvendo visceralmente no combate à Ditadura Militar. Isso a transforma de tal forma, que passa a considerar Lorena uma pequeno-burguesa, pondo à prova sua antiga e terna amizade.
Ana Clara é uma moça absurdamente linda, mas atormentada por um passado de abusos sexuais. Trabalha como modelo e amortece seus fantasmas com álcool e drogas, ao lado de Max, seu amor-bandido. Mas deseja ser feliz e está prestes a se casar por interesse com um homem muito rico, a quem nutre profundo desprezo.
[editar] Curiosidades
"As Meninas" foi adaptado para o cinema em 1995, com o mesmo título, sob a direção de Emiliano Ribeiro. Teve como protagonistas as atrizes Adriana Esteves, no papel de Lorena; Drica Moraes, no papel de Lia e Cláudia Liz, no papel de Ana Clara. Esta última teve um desempenho notável no papel de Ana Clara, tendo sido agraciada com o prêmio de melhor atriz no Festival de Cinema Latino-Americano de Cuba, em 1995.
Em 2009, Lygia Fagundes Telles entrou em uma disputa judicial contra a atriz e escritora Maitê Proença devido uma peça da atriz se chamar "As Meninas". Lygia perdeu em todas as instâncias por se considerar que o substantivo "meninas" é de bem comum. Maitê, em respeito à prestigiada escritora, tentou mudar o nome da peça, mas não conseguiu devido à já estar fechado esse título com os patrocinadores.

Obtido em "http://pt.wikipedia.org/wiki/As_Meninas_(livro)"

Ciranda de Pedra (livro)

Ciranda de Pedra é um livro de Lygia Fagundes Telles, publicado em 1954, que depois seria utilizado como base de duas telenovelas homônimas da Rede Globo, em 1981 e em 2008, lembrando que a mais recente versão não é um remake daquela exibida em 1981.

A história acontece aproximadamente entre as décadas de 1940/1950, em São Paulo, e explora as características psicológicas dos personagens.

Enredo

Na obra, Virgínia, a protagonista, vive uma infância difícil com pais separados, sendo criada pela mãe, Laura, e seu médico neurologista, Daniel, que na verdade, descobre-se depois é seu verdadeiro pai. Ela visita a mansão do ex-marido de sua mãe, Dr. Natércio, que todos acreditam ser seu pai, mas não consegue conviver bem com as irmãs Otávia e Bruna, que vivem com o Dr. Natércio e com os seus vizinhos: Letícia, Afonso e Conrado (pelo qual nutre uma paixão).

Virgínia sempre compara Otávia, Bruna, Letícia, Afonso e Conrado com uma fonte existente no jardim da casa de Natércio, rodeada por uma ciranda de anões de pedra, pois esses, da mesma forma, nunca aceitam mais um na ciranda. Com a morte de Laura, Virgínia é internada num colégio de freiras, onde é um pouco "perseguida" pelas mesmas. Ao se formar, volta para a mansão do Dr. Natércio como uma nova pessoa, adulta e amadurecida. Virgínia então descobre as várias fraquezas humanas das pessoas que, na infância, ela considerava semi-deuses, e perante as quais um dia ela teve sentimento de inferioridade. Descobre, por exemplo, que Conrado, sua antiga paixão, que ela sempre imaginava como amante de sua irmã Otávia, era impotente. Descobre também várias fraquezas e defeitos de suas irmãs (adultérios, desvios de caráter), descobre a homossexualidade de Letícia etc.

Vírginia se afasta de todos, decidindo fazer uma viagem, e deixa Conrado, após viver com ele uma tarde de amor platônico.

Obtido em "http://pt.wikipedia.org/wiki/Ciranda_de_Pedra_(livro)"


continua...

Nenhum comentário:

quem visita Persephone

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

Link-me !

Link- Me

Link- Me

Persephone faz TRADUÇÕES !

Persephone faz TRADUÇÕES !
camposdejaque@gmail.com

Siga PERSEPHONE ! Follow ME !