Filha de Persephone

Minha foto
Brasília, DF, Brazil
"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais, há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesmo compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudades...sei lá de quê!" (Florbela Espanca, Carta no. 147)

Sobre ALICE RUIZ

"Que importa o sentido se tudo vibra"

ALICE RUIZ

tradutor

10 de fevereiro de 2010

outros livros de Fabrício Carpinejar ( parte 1)

As Solas do Sol

Editora: Bertrand Brasil ISBN: 8528606783 Ano: 1998 Número de páginas: 128

As Solas do Sol se oferece como universo poético - metafórico altamente elaborado, que, recusando in limine todo e qualquer traço de lirismo ou subjetivismo, bloqueou na nascente a possível paixão ou arrebatamento para deixar existir somente o poema

Um Terno de Pássaros ao Sul

Editora: Escrituras ISBN: 8586303747 Ano: 2000 Número de páginas: 95

Um Terno de Pássaros ao Sul faz uma busca às origens neste longo poema que relata a aproximação de um homem com o seu pai, escrito como se fosse uma longa carta sem pausas.

Um Terno de Pássaros ao Sul

Bertrand Brasil, 2008
3 ª edição - com poemas novos
Capa: Silvana Mattievich14 x 21cm Número de páginas: 95 ISBN: 978-85-286-1313-1

Celebrando os dez anos de trajetória do poeta Fabrício Carpinejar, a Editora Bertrand Brasil apresenta a edição revista, com poemas inéditos, de UM TERNO DE PÁSSAROS AO SUL, o segundo livro do autor. Num embate dramático, a obra representa o diálogo derradeiro de um filho com seu pai ausente. O pai já estará morto? Será que ainda dá tempo de limpar as desavenças e resgatar a amizade? É um acerto de contas em que o pai escritor é questionado por ter saído cedo de casa: o filho pede o retorno paterno ao pampa, sua terra natal, tenta romper o silêncio e entender seu distanciamento, demonstra o amor ainda que pela briga, raiva e saudade. Aclamada pela crítica como uma versão do clássico Carta ao pai, de Franz Kafka, escrita em versos, é uma obra emocionante e contundente do autor de Cinco Marias, O amor esquece de começar e Meu filho, minha filha.

Ivo Barroso ressalta a harmonia do conjunto: “Fabrício conseguiu escrever um livro de espantosa unidade, um tema com variações, cada qual mais rica, sem apelar para a fanfarra dos metais nem o ribombo das percussões. Composto em trios ou estrofe de três versos, multimétricos, nele desenvolve um ritmo interior, de quase confissão, como palavras ditas na sombra, mais dirigidas a si mesmo que o destinatário desta carta-poema ou deste aceno de volta”. Ignácio de Loyola Brandão, por sua vez, afirmou que “não há aqui formalismo, nem concretismos estéreis, nem vanguardismos superados, nem buscas de formas sem essências. O que já é um homem sensível, aberto para a vida, cheio de emoção e que transmite essa emoção de um modo muito particular.”
O volume inicia no pampa e termina no mar, selando o encontro entre duas lonjuras, duas referências míticas e geográficas de espaço aberto. O escritor partilha sua verdade, reconhecendo o destino intransferível e pessoal que o mundo confiou a cada família.

Terceira Sede

Editora: Escrituras ISBN: 8575310143 Ano: 2001 Número de páginas: 76

Terceira Sede apresenta dez elegias que abordam a solidão, a velhice, o amor e a busca da verdade. O narrador escreve o os poemas quando conta com 72 anos, em pleno ano de 2045.
Terceira Sede(nova edição)

Editora: Bertrand Brasil ISBN: 8528613844 ISBN-13: 9788528613841 Ano: 2009
Número de páginas: 96 Brochura - 21 x 14 cm

Em 'Terceira sede', o narrador perdeu recentemente a esposa e recorda sua trajetória abordando a vida com lucidez e honestidade. São poemas sobre a maturidade, a dificuldade de adaptação, o isolamento e o preconceito sofrido pelos idosos.

Nenhum comentário:

quem visita Persephone

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

Link-me !

Link- Me

Link- Me

Persephone faz TRADUÇÕES !

Persephone faz TRADUÇÕES !
camposdejaque@gmail.com

Siga PERSEPHONE ! Follow ME !