Filha de Persephone

Minha foto
Brasília, DF, Brazil
"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais, há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesmo compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudades...sei lá de quê!" (Florbela Espanca, Carta no. 147)

Sobre ALICE RUIZ

"Que importa o sentido se tudo vibra"

ALICE RUIZ

tradutor

29 de maio de 2010

AFRODITE

“…o único afrodisíaco verdadeiramente infalível é o amor. Nada consegue deter a paixão acesa de duas pessoas apaixonadas. Neste caso não importam os achaques da existência, o furor dos anos, o envelhecimento físico ou a mesquinhez das oportunidades; os amantes dão um jeito de se amarem porque, por definição, esse é o seu destino.” (Isabel Allende)




A leitura de Afrodite?, de Isabel Allende, é um passeio deslumbrante por receitas, histórias, e dissertações que aliam gastronomia e sensualidade, onde os pratos, assim como o preparo dos mesmos adquirem todo um contexto afrodisíaco.
Isabel, renomada romancista, tida como uma das mais importantes na literatura contemporânea da América Latina, sobrinha do ex-presidente chileno, Salvador Allende, obrigada a exilar-se na Venezuela em decorrência do golpe militar, e assim, a abandonar a carreira de jornalista, tornando-se a autora de livros maravilhosos que, mais do que narrarem com extrema maestria a história da realidade social chilena, onde sublinha enfaticamente a mágica capacidade da mulher em assumir o poder, sem contudo o evidenciar, fizeram história literária, iniciados em sua trilogia com o famoso ?Casa dos Espíritos?
Com uma trajetória de lutas e glórias, nascida acidentalmente no Peru, mas tendo escolhido o Chile como sua pátria, e vivendo atualmente nos Estados Unidos, no cumprimento do luto por sua filha que parte em 1992, no fatal desfecho de um longo período doente, Isabel se embrenha de corpo e alma no projeto de um novo livro que tem a sensualidade como espinha dorsal, e o lança em 1998.
Independente do embasamento concreto na crença da existência de alimentos afrodisíacos, não há como negar o prazer que tangencia o êxtase, no saborear de um prato bem preparado, assim como o sexo no deleite de sua efetuação. Basta-nos resgatarmos histórias que foram agregadas à nossa cultura, para encontramos nelas a presença do alimento aliada à sedução, entre as quais temos: a maçã que expulsou Adão e Eva do Paraíso, e que em outro momento foi oferecida sedutoramente a Branca de Neve; os banquetes que Cleópatra servia aos homens alvo de suas conquistas; a barra de chocolate saboreada pelo inveterável conquistador Casanova que antecedia seus encontros amorosos, e as 50 ostras ingeridas por este, todas as manhãs, na companhia da mulher desejada.
Em ?Afrodite?, Isabel Allende presenteia-nos com receitas que primam em sua excelência pela leveza e pelo equilíbrio entre aromas, sabores e texturas, como prefácio incisivo e determinante de um ritual de sedução. Mas mais do que isso, ou numa sintonia paralela, a autora nos conta histórias, nos mostra poemas, faz citações, compilando tudo num relato poético e bem-humorado, que nos contagia e nos desperta para a consciência da capacidade que possuímos em exacerbar toda a sensualidade que nos é latente, bastando para isso que, em nome do amor, saibamos recorrer às ferramentas que a conduzem.
Como a própria Isabel propõe:
?apetite e sexo são os grandes motores da história, preservam e propagam a espécie, provocam guerras e canções, influenciam religiões, lei e arte. (...) Gula e luxúria, que tantas loucuras nos fazem cometer, têm a mesma origem: o instinto de sobrevivência?.

Cris da Silva

http://www.netsaber.com.br/resumos/ver_resumo_c_3587.html

quem visita Persephone

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

Link-me !

Link- Me

Link- Me

Persephone faz TRADUÇÕES !

Persephone faz TRADUÇÕES !
camposdejaque@gmail.com

Siga PERSEPHONE ! Follow ME !